Dispersar recursos

Crónica de Opinião
Sexta-feira, 07 Julho 2017
Dispersar recursos
  • Rui Mendes

O jornal Público noticiou esta semana, na sua edição do dia 5, que os “tribunais reabertos nem dois julgamentos por mês fizeram. Em média, cada tribunal reaberto fez menos de dois julgamentos por mês. São 191 julgamentos em seis meses, distribuídos por 20 tribunais.” Claro que cada um destes tribunais terá a sua própria razão de existência.  Ainda assim, esta terá sido uma das medidas tomadas pelo actual
Governo apenas com o objectivo de contrariar a medida que havia sido tomada no sentido do encerramento de alguns tribunais. Temos bem presente que muitas das decisões tomadas pelo Governo resultam do Acordo estabelecido com partidos de esquerda, de forma  a possibilitar apoio parlamentar a este Governo, e da necessidade de satisfazer, entre outros, motivos de índole ideológica ou interesses políticos locais.
Com o passar do tempo teremos condições para avaliar o impacto das medidas entretanto tomadas pelo Governo. E avaliar o seu custo benefício. E avaliar também a sua necessidade.
Tudo a seu tempo.
O que estes territórios do interior necessitam é dos serviços que as populações carecem, e que necessitam recorrer com frequência, e de possuírem sectores da economia que sejam geradores de riqueza e que
criem empregos.
O que não é justificável não é necessário.
O que os territórios do interior necessitam é de políticas públicas que promovam os territórios e que fixem pessoas.
E para o Alentejo é algo absolutamente necessário, porquanto é uma região com uma perda acentuada de população.
Bem sabemos que não é fácil inverter tendências que vêm sendo verificadas ano após ano.
Contudo, acertar políticas é precisamente fazer com que elas tenham o efeito esperado.
Cada um de nós poderá fazer a sua própria leitura sobre a existência nos diferentes territórios de um tribunal, mas dificilmente se conseguirá justificar essa necessidade em alguns territórios.
Gerir a coisa pública é não desperdiçar recursos, e a dispersão de recursos não será certamente a melhor forma de aproveitar os meios existentes.
Até parece que temos recursos a mais.
Até para a semana

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com