EP19 – Encerramento do Artes à Rua, até para o ano!

Programa
Segunda-feira, 15 Agosto 2022
EP19 – Encerramento do Artes à Rua, até para o ano!
  • Artes à Rua

O último dia do Festival Artes à Rua começou ao som de quatro gaitas-de-fole e um bombo.
O grupo Roncos do Diabo contagiou todos os que estavam à sua volta, com energia e explosão rítmica.

A festa prosseguiu à noite, no Jardim Publico, ora em português, ora em crioulo.
Dino d’Santiago, o cabeça de cartaz do último dia do festival, é hoje uma voz do mundo e da mistura. Cantor, bailarino e poeta, o artista  espalhou ainda a mensagem do amor e da igualdade.

A fechar a noite e o evento, Scúru Fitchádu, o artista cuja infância remete para o crioulo e o funaná.
A sua música é um afrofuturismo que faz referência direta à música cabo-verdiana dentro de uma estética punk, num caminho de aceleração de batidas cardíacas e eletrónica disruptiva.

No encerramento, Carlos Borges Ferreira falou com Luís Garcia, diretor artístico do festival.

 

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com