Hoje, sai Trump e entra Biden

Nota à la Minuta
Quarta-feira, 20 Janeiro 2021
Hoje, sai Trump e entra Biden
  • Alberto Magalhães

 

 

Hoje, finalmente, Donald Trump abandona a Presidência dos EUA. Veremos se a cerimónia de investidura do novo inquilino da Casa Branca se processa sem incidentes de maior, para além da inédita presença de dezenas de milhar de militares e restrições severas à mobilidade nas imediações do Capitólio.

Mesmo que, hoje, tudo corra bem, são muitas as nuvens e interrogações que se levantam sobre o futuro do país. Uma das mais importantes é sobre o futuro do partido Republicano. McKay Coppins escreve, na revista Atlantic, que “no partido Republicano, aqueles poucos que se opuseram consistentemente a Trump escaparão com a sua reputação intacta. Mas, para a maioria dos dirigentes, apparatchiks e comentadores do partido, que sacrificaram a sua dignidade no altar de Trump, um caso de amnesia colectiva parece destinado a acontecer, quando ele deixar a presidência”.

Será assim tão simples? Os senadores republicanos, que irão a votos daqui a dois anos, terão de decidir se arriscam excomungar Trump, afrontando os milhões de eleitores que continuam a acreditar que o seu candidato foi roubado e que Biden é um cripto-comunista, que nacionalizará todos os bancos e empresas americanas.

O núcleo duro da multidão que grita Make America Great Again, manter-se-á certamente leal. Que fará o narcisista e vingativo Trump com estas tropas de choque? A hipótese do terrorismo interno recrudescer é preocupantemente elevada.

Bom, o melhor é mesmo o novo Presidente e a sua administração prepararem-se para passar as ‘passinhas do Algarve’, em Washington D.C..

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com