Impactos do Tecido Urbano Determinantes Para a Saúde: Jogo e Perturbações Mentais Relacionadas

Informações
Sexta-feira, 08 Outubro 2021
Impactos do Tecido Urbano Determinantes Para a Saúde: Jogo e Perturbações Mentais Relacionadas
  • Entretenimento

É frequente o vício do jogo ser associado a algo negativo, e esquecemo-nos que pode ser apenas a consequência de problemas mais profundos, muitas vezes ignorados ou indetetados. 

Numa análise breve, mas abrangente, Victoria Oliveira começa por explicar os impactos do tecido urbano determinantes para a saúde e as perturbações mentais frequentemente associadas aos comportamentos obsessivos de jogo, particularmente online.

 

A natureza viciante do casino

 

Os casinos sempre estiveram debaixo de fogo no que toca aos efeitos negativos financeiros, psicológicos e até físicos das suas atividades nos apostadores. 

É sabido que se ganham e perdem grandes fortunas de forma quase instantânea, e que tudo num casino está “desenhado” para manter o seu utilizador embrenhado. 

Isto é válido tanto para as casas tradicionais como para as online!

O facto de as atividades de jogo online serem claramente reguladas pelo SRIJ em Portugal permitiu refrear muitos sites e proteger mais do nunca os jogadores e apostadores nacionais. 

Assim, um jogador “demasiado ávido” de, por exemplo, black jack online, que pura e simplesmente não consegue parar, tem agora à disposição ferramentas preciosas. Mas já lá vamos!

 

Jogo patológico

 

O jogo patológico é um verdadeiro problema para a própria pessoa, e com demasiada frequência para o seu círculo familiar, profissional e social. Colocar tudo em segundo plano e apenas jogar, ou querer jogar e apostar, é um dos sinais mais indicativos de um verdadeiro problema que deve ser abordado e tratado o mais depressa possível.  

Este tipo de jogo compulsivo, deixado sem controlo, traz demasiadas vezes efeitos muito nefastos não só para a saúde mental, mas também para a física e para a sociedade. 

À semelhança de outros vícios, também o do jogo proporciona um prazer efémero, daí ser frequente ver um jogador viciado com um elevado nível de insatisfação e ansiedade.  

 

Causa ou efeito?

Uma adição ao jogo, ou distúrbio de jogo, tanto pode ser a causa ou o efeito de perturbações de saúde mental ou físicas, bem como de acontecimentos e circunstâncias de vida dos jogadores, incluindo traumas, de acordo com estudos recentes. 

É importante perceber se o comportamento obsessivo é geral ou constatado apenas nos jogos de azar online ou offline. Embora, geralmente, existam outras áreas onde é igualmente detetado. 

Os jogadores viciados são homens e mulheres de todas as idades, e de todos os extratos sociais, ao contrário dos tempos exclusivamente dos casinos físicos, onde nenhum menor seria encontrado a jogar. 

Atualmente, e apesar das medidas de segurança implementadas, muitos menores continuam a aceder a sites proibidos, e permitidos, sem nenhum tipo de controlo. Daí ser cada vez mais importante a sensibilização dos portugueses, e das medidas reguladoras da indústria a vigorar em pleno. 

 

Diagnóstico rápido

 

Qualquer pessoa pode fazer um diagnóstico rápido para aferir se sofre ou conhece alguém que sofre de um problema similar. Para tal, basta questionar se há:

  • Irritabilidade quando não pode jogar, tenta cortar no tempo ou nas quantidades de dinheiro gastos…
  • Tentativas frustradas de controlar o jogo ou até mesmo de parar. 
  • Meias-verdades ou mentiras à descarada sobre o tempo passado a jogar ou o dinheiro apostado, ganho ou perdido.
  • Dinheiro emprestado para jogar ou usar dinheiro alocado a necessidades importantes, como poupanças.

Nos casos mais graves, tudo fica para segundo plano, incluindo a família próxima e por vezes até a higiene pessoal.

Estratégias 

 

Felizmente, existem várias estratégias e tratamentos que podem ser realizados e apresentam resultados mais ou menos imediatos, dependendo do nível do distúrbio de jogo. 

Usar a autoexclusão do jogo por tempo determinado ou procurar entidades de apoio especializadas, que trouxeram uma tranquilidade acrescida, com o máximo anonimato e discrição, ao nosso mercado, são duas estratégias valiosas. 

Os casinos legais nacionais estão abertos a serem contactados sobre a forma como lidam com o comportamento aditivo e dos seus clientes e com o jogo responsável.

Em Portugal é possível ainda contactar o Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos diretamente por e-mail para pedir ajuda para parar de jogar, autoexcluindo-se de casinos e sites de jogo online. 

Merece, no entanto, realçar que o processo de autoexclusão e proibição de acesso a casinos difere de online para físicos. 

Tratamentos

 

Antes de procurar tratamentos específicos para a resolução de um problema com o jogo, o aconselhamento é frequentemente o primeiro passo. Por cá, o Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD), é a entidade oficial de referência ideal para abordar e procurar tratamento, se necessário.

O tratamento e as terapêuticas utilizados ou a utilizar cabem sempre exclusivamente a um médico ou profissional de saúde qualificado, uma vez que, como dito mais acima, poderá haver causas e problemas subjacentes mais ou menos graves que precisam de ser abordados de forma especial.

 

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com