No 1º de Abril

Nota à la Minuta
Sexta-feira, 01 Abril 2022
No 1º de Abril
  • Alberto Magalhães

Hoje, teremos de manter a nossa atenção concentrada em dois acontecimentos a nível europeu. Por um lado, realiza-se a 23ª cimeira entre a UE e a China. Mas também é a data escolhida por Putin para impor o pagamento em rublos do gás e petróleo fornecido aos países ditos “hostis”, entre eles os europeus.

Se hoje fosse o Dia das Mentiras, eu poderia abalançar-me a dizer que a UE vai pressionar fortemente a China para que abandone a neutralidade em relação à invasão russa da Ucrânia, fazendo ver a Xi Jinping que pode vir a sofrer fortes consequências comerciais se persistir na onda da “parceria sem limites” com a Federação Russa. Temo, porém, que tudo fique em águas de bacalhau, com a China a manter-se impávida face aos moderados apelos ocidentais.

Se hoje fosse o Dia das Mentiras, poderia talvez afirmar que a UE se manterá firme na posição de não ceder à putinesca exigência de receber em rublos. Mas a excessiva dependência da Alemanha e de outros países do Leste europeu do fornecimento russo de gás e petróleo, tornam difícil de acreditar na capacidade de resistência da Europa ao ultimato russo, sobretudo se Putin fechar mesmo a torneira.

Seja como for, deste 1º de Abril sairão indícios importantes do que poderá ser o nosso futuro. É bom que estejamos atentos.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com