O outro Mundial

Crónica de Opinião
Sexta-feira, 02 Dezembro 2022
O outro Mundial
  • Rui Mendes

 

A semana foi dominada pelo Campeonato Mundial de Futebol que decorre no Catar. Nem seria de esperar outra coisa, afinal é uma Copa do Mundo, o maior evento do desporto rei.

O Catar quis organizar este mundial de futebol como forma de promover o país. Era evidente que a realização deste evento iria expor este pequeno país árabe.

O Catar é uma nação com uma população de aproximadamente 3 milhões de habitantes de maioria muçulmana, pequeno em território e gigante em termos económicos, sendo considerado um dos países mais ricos do mundo, apresentando o maior PIB per capita.

Era certo que viriam a lume todas as questões sobre direitos humanos.

Não apenas os relacionados com os direitos das mulheres, mas também com a liberdade de expressão ou com a existência da pena de morte. Contudo, foram as questões do trabalho que mais têm sido ouvidas, por existirem situações de uma espécie de trabalho escravo, e porque terão morrido mais de 6500 trabalhadores na construção das obras necessárias para a realização do Campeonato Mundial de Futebol.

O recurso a trabalhadores vindos de países do sul da Ásia não foi apenas necessário para a construção dos estádios do mundial, têm sido estes migrantes que têm sido o recurso utilizado no Catar para as necessidades da construção civil.

O Catar assumiu o compromisso de mudar as suas leis do trabalho de forma a que tenham alinhamento com as normas mundiais do trabalho.

É importante que o quadro normativo esteja ajustado, mas também é essencial alterar os hábitos culturais de forma a dignificar e valorizar o trabalho naquele país, que tem tudo para poder ser um país exemplo em matéria de direitos laborais, pese embora ainda tenha um caminho longo para percorrer.

Para mais, lamentavelmente, ainda são recorrentes situações de trabalhadores explorados, pese embora as leis laborais os protejam, em tantos outros países, alguns europeus. Também não o devemos esquecer.

O Campeonato do Mundo de Futebol é um megaevento, razão pela qual ultrapassa as fronteiras do futebol, e entra nas questões sociais e económicas, o que só mostra a enorme dimensão mundial que o futebol possui. Veja-se que esta semana o que mais nos interessou foram os jogos do Catar 2022. Os problemas do SNS, a aprovação do OE/2023, o aumento dos preços, a inflação, ou a reformulação do Governo passaram para segundo plano, mas apenas transitoriamente.

 

 

Até para a semana

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com