Obras e eleições

Crónica de Opinião
Quarta-feira, 27 Março 2024
Obras e eleições
  • Maria Paula Pita

Em 2025 há eleições autárquicas.
Por todo o lado já se vê e sente a azáfama da câmara para capitalizar obras em votos.
O caos estende-se por toda a cidade
As obras na variante junto à zona industrial que corresponde a uma das principais entradas na cidade e as do Rossio com vista à ligação pedonal entre a estação da CP e da Rodoviária, têm causado verdadeiros transtornos na vida dos eborenses.
Claro que para se ter uma vida melhor, os munícipes têm que se sacrificar, não há bela sem senão, mas será que é necessário fazer tudo ao mesmo tempo? As manhãs e os fins de tarde colocam qualquer um à beira de um ataque de nervos. Devo referir que, por passar muitas vezes pela primeira fase de alteração da variante, considero que foi uma obra bem feita e agora, que já tem guarda-corpos em todo o comprimento da via, é segura para todos os que se deslocam a pé para a zona industrial.
É certo que o eborense também contribui para a babel. A grande maioria continua a usar o automóvel como meio de deslocação e, principalmente, para levá-lo até à porta do seu posto de trabalho. A cidade, o centro histórico, não consegue albergar tanto carro, não há estacionamento que chegue para todos. Os parques de estacionamento em redor da cidade deveriam sê-lo na verdadeira aceção da palavra, com condições para acomodar os automóveis em segurança e não parques de terra, cheios de buracos, onde facilmente se estragam amortecedores e suspensões. E, tão importante como os parques, é serem servidos por uma rede de autocarros que transportem as pessoas para a cidade.
Mas nem só de grandes obras vive a cidade.
No sábado, a vereadora do Movimento Cuidar de Évora, Florbela Fernandes, fez, como é habitual, um périplo pelos bairros para ver in-loco, as queixas enviadas pelos munícipes e se alguns assuntos que são levados às reuniões de câmara estão resolvidos.
E surpresa! Pelas Corunheiras, Estrada das Quintas, Estrada da Chainha, buracos tapados, gravilha espalhada.. Notou-se que os serviços da câmara têm andado bastante atarefados nos últimos tempos! E bem!
Pena que se tenha deixado chegar a cidade a este desleixo, que levará, pelo menos, mais um mandato a ser resolvido. .
A proximidade das eleições, continua a ser o principal estímulo para o que devia ser o objetivo da nossa câmara: Cuidar de Évora.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com