Os 10 mandamentos de Russell

Nota à la Minuta
Sexta-feira, 03 Fevereiro 2023
Os 10 mandamentos de Russell
  • Alberto Magalhães

Em 1951, o filósofo Bertrand Russell publicou um artigo intitulado “A melhor resposta ao fanatismo – o liberalismo”, onde acaba por propor ‘dez mandamentos’ para viver numa democracia saudável. Ao reler a prosa de Mário-Henrique Leiria*, encontrei a sua tradução deste decálogo, que vos ofereço para meditar neste fim-de-semana:

I – Não te sentirás certo de coisa alguma.

II – Não pensarás ser vantajoso progredir escondendo as provas, pois estas virão à luz inapelavelmente.

III – Não temerás o raciocínio, pois com ele vencerás.

IV – Quando encontrares oposição, mesmo que seja a do teu marido, ou dos teus filhos, esforçar-te-ás por superá-la pela força dos argumentos e não pela da autoridade; pois uma vitória que depende da autoridade é irreal e ilusória.

V – Não respeitarás a autoridade de outros, pois encontrar-te-ás sempre com autoridades contraditórias.

VI – Não usarás do poder para suprimir opiniões, pois se o fizeres as opiniões suprimir-te-ão.

VII – Não temerás ser excêntrico em tuas opiniões, pois toda e qualquer opinião hoje aceite já foi outrora excêntrica.

VIII – Encontrarás mais prazer na divergência inteligente do que na concordância passiva, visto que, se apreciares devidamente a inteligência, a primeira implica um acordo mais profundo que a segunda.

XIX – Serás escrupulosamente verdadeiro, mesmo que a verdade seja inconveniente, pois mais inconveniente será quando tentares ocultá-la.

X – Não sentirás inveja da felicidade daqueles que vivem num paraíso de insensatos, pois somente um insensato pensará que isso é felicidade.

* “Ficção”, p. 460. E-Primatur.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com