Os arautos da moralidade!

Crónica de Opinião
Quarta-feira, 10 Outubro 2018
Os arautos da moralidade!
  • José Policarpo

 

 

Hoje não irei falar dos problemas crónicos da nossa cidade, não porque não houvesse muito para dizer. Este último fim-de-semana com um feriado a somar, o lixo por recolher continua a ser regra. Contudo a agenda política, interna e internacional. marcaram a última semana.

O caso de Tancos continua a ser uma pedra, para não dizer um pedregulho no sapato muito largo do governo. A notícia de que o ministro da tutela tinha conhecimento da existência de um memorando entregue pela polícia judiciária militar que faz menção ao encobrimento de quem alegadamente tirou as armas do paiol de Tancos, por si só, o alegado conhecimento, retira quaisquer condições para que o ministro possa permanecer no cargo. Isto num país respeitável!

Ora, a suspeição não poderá muito mais tempo pairar no ar. Sob pena de tudo ser metido no mesmo saco, com as consequências evidentes para a credibilidade das instituições direta ou indiretamente envolvidas no assunto. Neste particular, a presidência da república, porventura, seja a mais afetada se não contribuir para uma resolução politica para o caso. A demissão do ministro é, obviamente, condição necessária para o descrito fim.

Por outro lado, um dos temas mais efervescentes da atualidade internacional é a possibilidade, cada vez mais é uma realidade, de Jair Bolsonaro vir a ser eleito no próximo dia 28 de Outubro o próximo presidente da República Federal Brasileira. Ao ver e ouvir alguns fazedores de opinião do burgo, parece que o candidato Bolsonar é o representante do mal na terra. Não se esqueçam, os arautos da moralidade, de que o Lula da Silva tinha tudo para ser um presidente perfeito. Vinha da classe pobre, metalúrgico de profissão, de esquerda e defensor dos excluídos. Deu no que deu…

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com