Pensar é um cargo importante

Nota à la Minuta
Quarta-feira, 08 Abril 2020
Pensar é um cargo importante
  • Alberto Magalhães

 

 

Nassim Nicholas Taleb, autor do conhecido bestseller “Cisne Negro”, matemático, estatístico e analista de riscos, especialista em acontecimentos inesperados e imprevisíveis, lançou ontem um tweet delicioso de maldade. Diz, mais ou menos, isto: “o argumento avançado pelos imbecis da OMS e seus companheiros de jornada, de que as máscaras “podem dar uma falsa sensação de segurança” é interessante. Vamos lá aplicá-lo a: cintos de segurança, airbags, capacetes, fechaduras de porta, preservativos, disjuntores, paraquedas, coletes à prova de bala, alarmes de incêndio,…”.

Como complemento, aqui vai a Lição de Anatomia, de Mário-Henrique Leiria:

Todos ouviram a palavra que foi dita.

Como todos sabiam que pensar

era um cargo importante e bastante arriscado,

resolveram pôr a palavra dentro do

chapéu e olhar, com cuidado,

para o lado esquerdo.

Foi então que veio

A Ocasião, de fato de xadrez,

e vários documentos

comprovativos

que justificassem o aparecimento

das coisas contraditórias.

Mas os sindicatos lá estavam,

muito crescidos, muito gordos,

a porem ovos que punham.

Por esta razão todos sentiam que

pensar se estava a tornar uma

responsabilidade urgente,

tão urgente que houve alguns

que se esqueceram de o fazer.

A palavra continua a ser dita e todos nós

sabemos que o pensar nos está a sair

pelos olhos, pelos ouvidos e

pelo nariz e que

também nos é arrancado muitas vezes pelas costas.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com