Questões de segurança

Crónica de Opinião
Sexta-feira, 10 Novembro 2017
Questões de segurança
  • Rui Mendes

 

As relações entre Estado e cidadãos têm na sua base uma relação de confiança.

E é, especialmente, essa confiança que permite que Estado e cidadãos se relacionem de forma sã.

Esta semana, em Lisboa, no hospital São Francisco Xavier, ocorreu um surto de legionella, infectando 41 pessoas.

Algo terá falhado. E importará aclarar as razões que estiveram na origem do que provocou o surto.

Mas o certo é que o Estado, mais uma vez, e desta feita numa outra área da governação, não cumpriu uma das suas obrigações. A de dar segurança aos cidadãos.

E parece que vamos ser confrontados com mais um relatório. É a forma de retirar a pressão pública ao problema. Enquanto é produzido o problema vai passando.

Neste caso em particular, o que nos deve perturbar é que ele aconteceu num local em que não deveria acontecer. Precisamente num hospital.

Não sabemos se este caso ocorreu pelo desinvestimento na administração ou não.

Mas sabemos que cada ano que passa a administração precisa mais desse investimento.

E entendemos que o ministério da saúde deve dar garantias em como o SNS está capacitado para responsabilizar-se pelas muitas solicitações a que é chamado a responder, até porque, iremos entrar num tempo em que o SNS é especialmente posto à prova, pois todos os anos os surtos de gripe provocam enormes fluxos de doentes às urgências.

Vamos ter esperança que a governação olhe para estes recentes casos que geraram forte insegurança e perceba que as opções da governação têm os seus efeitos.

Até para a semana

Rui Mendes

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com