Será que o céu do Alentejo vai mudar?

Crónica de Opinião
Sexta-feira, 22 Março 2024
Será que o céu do Alentejo vai mudar?
  • Carlos André

Em Novembro 2023, Vendas Novas, surpreendentemente, foi considerada uma das hipóteses da Comissão Técnica independente para a escolha do novo Aerpoporto de Lisboa: pois ouviram bem! Para uma região habituada a passar ao lado de quase tudo, Vendas Novas foi uma das opções, entre as nove que foram escolhidas, em análise pela Comissão Técnica independente e que deverá pronunciar-se até final de Março sobre a localização do futuro Aeroporto de Lisboa.
A zona da Afeiteira é um dos lados do triângulo onde poderá ficar o novo aeroporto de Lisboa. Os outros dois são Piçarras e Landeira, numa proposta que foi apresentada por quatro associações ambientalistas e que foi ganhando cada vez mais força.
Ao contrário de outras propostas, Vendas Novas não representaria uma ameaça aos corredores usados pelas aves. O aeroporto ficaria próximo da Autoestrada A6 e de uma linha ferroviária que vai ser duplicada em breve. A Associação ambientalista Zero, considera ainda que o impacto do ruído também seria menor, em comparação com outras alternativas. Em Vendas Novas localiza-se também o corredor ferroviário internacional sul, em fase de conclusão, e que ligará Sines e Lisboa a Espanha.
Esta poderia ser uma oportunidade impactante para Vendas Novas mas também para os concelhos de Montemor-o-Novo e Évora, quer em termos de novas empresas ligadas à logística aeroportuária, quer no aumento populacional que uma situação desta pode trazer. No entanto, a realidade prova que o Alentejo, sobretudo por falta de apoios políticos e económicos, foi sempre relegado para segundo plano. Como prova disso é o Aeroporto de Beja que está há anos inserido nos Aeroportos de Portugal a ANA que pertence ao grupo francês VINCi, consta da sua página internet como estando a funcionar em pleno, mas está muito longe disso, tem a maior pista do país, está pronto para funcionamento e nunca foi utilizado na sua plena capacidade, inclusive para aliviar o aeroporto da Portela. Esta é aliás agora uma das recomendações da Comissão Técnica Independente relativamente a Beja, esperemos que seja tida em conta.
Quanto ao aeroporto em Vendas Novas a Comissão Técnica considera positiva a Distância a Lisboa, 70 Km o Tempo de 53 minutos para o trajecto,
Um Aeroporto: com 2 pistas, com Capacidade de movimentos por hora, de 80 aviões e Capacidade de extensão, até 4 pistas. Na zona abrangida a população potencialmente vulnerável ao ruído é aproximadamente de 1230 habitantes segundo o estudo.
Mais recentemente ainda, de acordo com o relatório final divulgado a 11 Março a Comissão Técnica Independente (CTI) considera a solução única para o novo aeroporto de Lisboa, em Alcochete ou Vendas Novas, a mais “favorável em termos globais”. No relatório ambiental publicado no dia a seguir às eleições, a CTI refere que “as opções estratégicas de solução única são as que se apresentam como mais favoráveis em termos globais”, apontando as hipóteses Alcochete e Vendas Novas.
Está previsto A Comissão Técnica divulgar o relatório final dia 22 Março, hoje ou ao mais tarde no final deste mês. Caberá ao novo governo decidir.
Independentemente da poluição sonora que nunca vai agradar a todos, bons ventos possam soprar para o Alentejo, tornando-o cada vez mais Livre.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com