Sexta-feira Ivo Rosa tem a palavra

Nota à la Minuta
Quarta-feira, 07 Abril 2021
Sexta-feira Ivo Rosa tem a palavra
  • Alberto Magalhães

 

 

Na sexta-feira saberemos, ao fim de mais de sete anos e de mais de sete mil páginas, escritas pelo juiz Ivo Rosa, se este levará a julgamento José Sócrates, Ricardo Salgado e outros 26 arguidos, pelos crimes de que são acusados pelo Ministério Público. Veremos, depois, se este se conformará com a decisão ou dela recorrerá para o Tribunal da Relação de Lisboa. Tal é o andamento da Operação Marquês, envolvendo um ex-primeiro-ministro suspeito de ser corrupto.

Dizem alguns, que a justiça portuguesa dá tantas garantias de defesa e fornece tantos expedientes dilatórios que, em havendo dinheiro para bons advogados e custas, os réus correm o risco de falecerem antes de verem as suas sentenças tornarem-se definitivas. Foi, aliás, o que aconteceu a Oliveira e Costa, réu no processo BPN, que já dura há mais de treze anos e ainda não tem nenhum dos condenados a cumprir pena. Também Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, que já tem uma dúzia de anos, continua a recorrer de uma pena a que foi condenado em 2014 tendo, entretanto, sido fixada, por cúmulo jurídico, em 12 anos de prisão. Com o ex-presidente do BPP, a história é semelhante. O banco finou-se há 10 anos, João Rendeiro foi acusado em 2014, já foi condenado a 5 anos e 8 meses de prisão com pena suspensa, por lesar o banco com falsidade informática e falsificação de documento, viu a Relação tornar a pena de prisão efectiva, mas continua em liberdade.

Veremos quem sai mal na fotografia, na sexta-feira que vem.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com