Tudo o que precisa de saber sobre a criptomoeda Luna

Informações
Terça-feira, 08 Fevereiro 2022
Tudo o que precisa de saber sobre a criptomoeda Luna
  • Entretenimento

A criptomoeda Luna tem vindo a atingir o mais alto patamar entre as criptomoedas. Em 2021, a Luna obteve uma valorização de 10.825,2%. Entrou, assim, na luta pela décima posição entre as maiores criptomoedas do mundo no que toca ao valor de mercado e chegou a ser negociada por mais de 90 euros, no passado mês de dezembro.

Contudo, o início do ano de 2022 não parece estar a ser o melhor para os investidores da Luna. Prova disso foi a queda acumulada de mais de 45% que se verificou em janeiro deste ano. Esta situação veio mais uma vez trazer à discussão o facto das criptomoedas serem comparadas ao mundo das apostas e do jogo. Mas, na verdade, isso está longe de ser claro. Se pretende saber mais sobre a área das apostas veja na página de um site especializado mais informações.

A queda da LUNA começou logo no início do ano e tem-se vindo a acentuar, sobretudo quando começaram a aparecer denúncias, no Twitter, que revelavam que um dos executivos da Wonderland (associada ao projecto) é “supostamente um famoso golpista do universo cripto”, pode ler-se no mesmo site. É de esclarecer que a Wonderland é uma das principais plataformas de DeFi no “blockchain” Avalanche (AVAX), outra criptomoeda, que afirma oferecer retornos de 83.000% aos investidores que emprestem os criptoativos. A “batalha” está, então, “mais acesa” do que nunca – Terra (Luna) contra Avalanche (AVAX).

Relação de Terra com a criptomoeda Luna

Fundada por Do Kwon e Daniel Shim, em 2018, a Terra utiliza o mecanismo de consenso “Tendermint Delegated-Proof-of-Stake (DpoS)”. Trata-se de uma rede de “blockchain”, criada com a estrutura Cosmos SDK, especializada na criação de moedas estáveis. Porém, em vez de usar moedas fiduciárias ou criptomoedas sobre colateralizadas como reservas, estas moedas são conversíveis no “token” nativo da rede, o Luna. Este “token” permite que os chamados detentores paguem taxas de rede, participem na gestão, façam “staking” (ou seja, travem as suas criptomoedas num protocolo de “blockchain”) e incluem moedas.

De acordo com o site da Binance, o projeto tornou-se popular nos mercados asiáticos de comércio eletrónico e tem a maioria dos utilizadores na Coreia do Sul, onde também se encontra a sua sede. Os “tokens” emitidos na plataforma são conhecidos como “Terra currencies” e existem paralelamente ao “token” nativo da rede, o Luna. Ou seja, podemos dizer que a Terra e Luna têm uma relação complementar. O “token” Luna atua como garantia para todas as moedas estáveis Terra, absorvendo a volatilidade do preço. Isto é, a Terra atua como um banco central, com uma política monetária elástica, e controla cuidadosamente a oferta das suas moedas.

A Luna, enquanto criptomoeda da Terra, serve de método de pagamento de taxas de transação, permite participar no sistema de gestão da plataforma (pois ao criar “staking” de “tokens” Luna, é possível criar e votar em propostas de alterações relacionadas com o protocolo da “blockchain” Terra), absorve a volatilidade do preço e serve de “token” para efetivar o referido “staking” no mecanismo de consenso DpoS.

Este é um mecanismo alternativo ao “Proof of Work”, que funciona de forma idêntica ao processo de mineração de Bitcoin. Ao realizar este procedimento, os utilizadores recebem recompensas que são retiradas diretamente das taxas de câmbio (“swap”), na plataforma da Terra. Recorde-se que estas taxas são pagas sempre que se faz um câmbio entre a Luna e uma outra moeda estável Terra. Neste sentido, as recompensas devem funcionar como incentivos para que os utilizadores participem no Tendermint DpoS. De modo geral, os especialistas referem que há espaço para a “blockchain” Terra, mas apenas se se desenvolver e aumentar a base de utilizadores para fora da Ásia. Neste momento, a Terra já possui moedas estáveis ligadas ao dólar norte-americano, ao Won sul coreano e ao Euro. Saiba ainda que pode comprar a Luna em qualquer corretora de criptomoedas.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com