Évora: Arcebispo pede aos católicos que ajudem quem mais precisa

Évora: Arcebispo pede aos católicos que ajudem quem mais precisa

Sábado, 23 Dezembro 2017
Alentejo

Os católicos devem saírem da sua “zona de conforto” e ajudarem quem mais precisa para darem o “sentido original” ao Natal.

É o principal ideia da mensagem natalícia do arcebispo de Évora, D. José Alves.

“O Natal convida-nos a sair da nossa zona de conforto para irmos ao encontro de quem precisa da nossa presença e da nossa ajuda”, escreve o prelado.

D. José Alves pede que se olhe para as “carências de vária ordem que existem” e que sejam ouvidas “as vozes dos que clamam por justiça, dos que pedem ajuda, dos que mendigam o pão de cada dia”.

O arcebispo de Évora nota que, atualmente, a sociedade está muito “marcada por situações de carência económica, de abusos de confiança, de atropelos à justiça social, de desrespeito pela dignidade humana”.

Nesse sentido, considera que “a celebração do Natal perderá o seu sentido original se ignorarmos as carências que existem à nossa volta e permanecermos fechados no nosso pequeno mundo”.

Para o prelado, é legítimo que, nesta época, se acentuem as manifestações festivas e que as pessoas valorizem o convívio familiar e se concentrem no lazer e no descanso, mas alerta que tais atitudes “esvaziam o Natal do seu sentido original e autêntico”.

“O Natal cristão celebra o nascimento de Jesus, o Salvador, prometido na aurora dos tempos, anunciado pelos profetas, nascido da Virgem Maria, na plenitude dos tempos, na pequena cidade de Belém. E continua a nascer, ao longo dos tempos, não em grutas mas nos corações daqueles que lhe abrem a porta”, acrescenta.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com