Évora: Atrasos dos fundos comunitários adiam BIME

Évora: Atrasos dos fundos comunitários adiam BIME

Terça-feira, 31 Maio 2016
Alentejo

A Bienal Internacional de Marionetas de Évora (BIME), prevista para junho, foi novamente adiada.

O certame já tinha sido adiado em 2015. O motivo é o mesmo: falta de financiamento.

Desta vez, é o atraso que se verifica na disponibilização dos fundos comunitários, como conta à DianaFM o diretor do Cendrev, José Russo.

“As linhas de financiamento para estas áreas ainda não abriram e nós continuamos enleados nesta situação”, o que “é terrível porque mata a atividade e a vida cultural da cidade”, afirma.

José Russo diz que o Cendrev está “empenhado em conseguir fazer a bienal no ano que vem e retomar o calendário normal” da iniciativa.

Contudo, a companhia decidiu lançar uma nova iniciativa, também ligada às marionetas, mas de menor dimensão.

“Marionetas na cidade” vai decorrer todos os meses com diferentes companhias de marionetas, até final do ano.

As visitas começam já em junho com a presença do marionetista dinamarquês Alex Jorgensen que apresenta o seu espetáculo, no dia 08, na Praça do Giraldo no Jardim das Canas.

Deixe um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com