Évora: Capgemini tem 70 colaboradores e quer empregar mais

Évora: Capgemini tem 70 colaboradores e quer empregar mais

Terça-feira, 17 Abril 2018
Alentejo

A Capgemini acaba de inaugurar um novo Centro de Excelência em Évora.

A empresa tecnológica chegou à cidade em 2014, com um escritório no Parque de Ciência e Tecnologia do Alentejo.

Cerca de quatro anos depois, a Capgemini já tem 70 colaboradores em Évora e precisa de muitos mais.

“Se amanhã a universidade nos pusesse aqui 100 pessoas formadas, essas 100 pessoas começariam a trabalhar aqui”, afirma Paulo Morgado, vice-presidente do Grupo Capgemini.

O responsável adianta que a empresa procura “pessoas que tiveram nas universidades cadeiras de programação, informática”, indicando que “há cursos de matemática onde as pessoas desenvolvem bastante a programação”, assim como biotecnologia.

O novo Centro de Excelência de Évora, situado no antigo edifício da Somefe, tem capacidade para 200 colaboradores.

O presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá, defende que deve ser feita “uma aposta” por parte das instituições públicas portuguesas para “responder a uma atividade que pode crescer significativamente nos próximos anos”.

“Isso, aliás, é algo que tenho falado muito com a Universidade de Évora”, realça.

Por outro lado, o autarca nota que Évora tem “uma qualidade de vida excelente”, mas admite que é preciso “criar condições para fixar pessoas” e “dar condições de habitabilidade que sejam atrativas” e com “um valor de custo de vida competitivo”.

Este novo centro da Capgemini já presta serviços a empresas nacionais e internacionais na área das novas tecnologias.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com