Évora: Estudantes da universidade em vigília noturna contra aumento das propinas

Évora: Estudantes da universidade em vigília noturna contra aumento das propinas

Terça-feira, 08 Maio 2012
Alentejo
A Associação Académica da Universidade de Évora (AAUE) promove hoje uma vigília noturna para protestar contra o aumento das propinas para o próximo ano letivo, cujo valor máximo foi fixado pelo Conselho Geral da academia em 1.037 euros.
A vigília começa às 22:00 com a concentração dos alunos na Praça do Giraldo, seguindo-se, às 22:37, 300 segundos de silêncio pelos cerca de 300 estudantes que abandonaram a universidade por motivos económicos e financeiros, segundo a AAUE.
Os estudantes dirigem-se depois em cortejo para o Colégio do Espírito Santo, onde promovem durante a noite várias atividades, sempre ao minuto 37 de cada hora, como tertúlias e largada de balões negros.
“As iniciativas começam sempre ao minuto 37 para simbolizar os 37 euros de aumento das propinas”, explicou o presidente da AAUE, Paulo Figueira.
Amanhã de manhã, os estudantes entregam na reitoria um “cheque gigante” com o valor da propina e um documento reivindicativo e viajam para Lisboa para entregarem os mesmos documentos ao Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) e à tutela.
O reitor da Universidade de Évora, Carlos Braumann, frisou que “não se trata de um aumento” das propinas, mas sim da “atualização anual, de acordo com o Índice de Preços no Consumidor, como está previsto na lei”.
“Em vez de aplicarmos este aumento noutras atividades, vamos aplicá-lo num fundo para apoiar alunos em dificuldades financeiras”, tal como o CRUP tinha recomendado às instituições de ensino superior, realçou.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com