Évora: Forcado de Monsaraz pondera queixa contra médico

Évora: Forcado de Monsaraz pondera queixa contra médico

Quarta-feira, 19 Setembro 2012
Alentejo
Um elemento do Grupo de Forcados Amadores de Monsaraz acusa um médico ortopedista do Hospital de Évora de o ter discriminado, no sábado passado, quando entrou nas urgências com um membro inferior fraturado.
“Tivemos uma corrida igual a tantas outras, no sábado, e, no último touro da tarde, um forcado fraturou um membro inferior direito”, conta à DianaFm o cabo do grupo, David Rodrigues.
O cabo diz o forcado ferido “foi transportado para o hospital, onde tinha alguns familiares a acompanhá-lo”, e, “pelo que consta, não foi atendido e foi discriminado”.
Segundo David Rodrigues, a família do forcado ferido diz que “o médico recusou-se a operá-lo no momento”, remetendo a intervenção cirúrgica para “terça-feira ou quarta-feira”.
“Depois, teve de ser operado de urgência, na terça-feira, por outra equipa, porque estava sujeito a terem de lhe amputar a perna”, afirma.
O forcado ferido está agora a ponderar apresentar uma queixa contra o médico em causa, adiantou o cabo do grupo.
Fonte do Hospital de Évora disse à DianaFm que, até ao fim do dia de ontem, “não houve qualquer reclamação” sobre o caso.
O acidente ocorreu no sábado passado durante uma corrida na Praça de Touros da Amieira, em Portel.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com