Évora: Greve geral fecha escolas, autarquias e outros serviços públicos

Évora: Greve geral fecha escolas, autarquias e outros serviços públicos

Quinta-feira, 24 Novembro 2011
Alentejo
Mais de 16 escolas do distrito de Évora fecharam as portas devido à greve geral de hoje, que afetou também autarquias e outros serviços públicos, segundo a União de Sindicatos do Distrito de Évora.
“Mais de 16 escolas estão encerradas na sua totalidade e muitas outras estão a funcionar a menos de meio-gás, o que significa uma forte adesão dos professores e dos auxiliares de acção educativa”, adiantou à DianaFm o dirigente sindical Valter Lóios.
Na Universidade de Évora, segundo o sindicalista, estão fechadas a Cantina do Colégio Verney e as cozinhas do Cardeal e das Alcaçarias.
Nos CTT, a adesão atinge os 45 por cento, indicou o responsável, referindo que na empresa Gestamp, de Vendas Novas, pararam os 147 funcionários da fábrica, à semelhança das cooperativas de Estremoz e Montemor-o-Novo que também registam 100 por cento de adesão.
“Houve também algumas adesões no setor das grande superfícies, porque assistimos à substituição de trabalhadores em greve”, acrescentou Valter Lóios.

Deixe um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com