Évora: Maioria dos funcionários da Academia Aeronáutica vai ser despedida por empresa canadiana

Évora: Maioria dos funcionários da Academia Aeronáutica vai ser despedida por empresa canadiana

Quinta-feira, 12 Janeiro 2012
Alentejo
A Canadian Aviation Electronics confirma o despedimento da maior parte dos trabalhadores da Academia Aeronáutica de Évora.
Uma fonte da empresa adianta que 33 dos 48 funcionários vão ser afetados pelo despedimento.
A mesma fonte assegurou que a academia vai manter-se em funcionamento, mas que a empresa decidiu “transferir parte do treino de voo” para outra escola que possui na cidade norte-americana de Phoenix.
Segundo a fonte, as matrículas de novos alunos na Academia Aeronáutica de Évora não atingem “o nível exigido” para que a infraestrutura seja “eficiente”, possuindo a escola atualmente um total de “40 estudantes”.
Além disso, acrescentou, a procura no que respeita a pilotos de linha aérea “no sul da Europa é reduzida”.
A fonte da empresa, apesar de não revelar qual o prazo para concretizar os despedimentos, nem se estes se devem a prejuízos financeiros, sublinha que, relativamente ao ensino teórico, em terra, “não vão existir alterações” na escola de Évora, que continuará a ministrar essas aulas “para os mercados português e espanhol”.
Sem fornecer muitos mais pormenores sobre este processo, a empresa canadiana revela, contudo, que está “a consolidar” na cidade alentejana a componente de “treino de voo de aclimatização”.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com