Évora não concorda com inclusão na lista de alto risco da covid-19

Évora não concorda com inclusão na lista de alto risco da covid-19

Quinta-feira, 12 Novembro 2020
Alentejo

O presidente da Câmara de Évora não concorda com a inclusão do concelho na lista de alto risco da covid-19 definida pelo Governo.

Em declarações à DianaFM, Carlos Pinto de Sá diz que a medida “corresponde ao agravamento previsível da pandemia”, mas defende que “não havendo contágio comunitário” em Évora “não haveria necessidade”.

“Esta situação pode agravar a crise social e económica que vivemos em Évora”, alertou o autarca.

Reconhecendo que se trata de uma medida de “precaução” para que os casos de covid-19 “não aumentem”, Pinto de Sá sublinha que no concelho de Évora tem sido possível “estancar as cadeias de contágio”.

“Da nossa parte, ficamos um pouco apreensivos, porque não nos parecia que ainda houvesse essa necessidade tendo em conta a situação no concelho”, insiste.

O presidente da Câmara de Évora realça que o objetivo do município que sair da lista “tão breve quanto possível”, mas prevê que “nas próximas semanas” um aumento de casos ativos.

Segundo o mais recente relatório da situação epidemiológica, divulgado hoje pelo município, o concelho de Évora tem 208 casos ativos de covid-19 e 209 recuperados.

O total acumulado desde o início da pandemia é de 418, havendo uma vítima mortal associada à covid-19.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com