Évora: O Fado é o mote da nova produção da CDCE “Gentes da Minha Terra”

Évora: O Fado é o mote da nova produção da CDCE “Gentes da Minha Terra”

Sexta-feira, 15 Junho 2012
Alentejo

“Gentes da minha Terra” é o nome da nova produção da Companhia de Dança Contemporânea de Évora, que estreia hoje no espaço Black Box do grupo residente.

O Fado, na voz de Amália Rodrigues é o principal fio condutor deste espectáculo que coloca em diálogo, música, poemas, vídeo e dança.

Em entrevista à Diana Fm, Nélia Pinheiro, directora artística e coreógrafa do projecto, fala de trabalhar a dança em relação com o fado como “um desafio”, em primeiro lugar porque à partida não gostava de fado, e depois, porque achou importante, em tempo de crise, trazer algum calor e poesia ao público.

“Não é assim tão difícil coreografar Fado, porque o poema tal como a dança é muito emotivo, muito dramático” afirma a coreógrafa. A principal dificuldade do processo criativo é nas suas palavras a procura de uma ligação, de um fio condutor entre os fados.

O espectáculo conta com duas sessões, hoje e amanhã pelas 21:30, seguindo depois em digressão por vários palcos do país.

 

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com