Évora: Preparavam-se para montar burla milionária mas a Judiciária apanhou-os

Évora: Preparavam-se para montar burla milionária mas a Judiciária apanhou-os

Quinta-feira, 11 Janeiro 2018
Alentejo

Dois homens e duas mulheres foram detidos em Évora pela Polícia Judiciária, por alegadamente praticarem de forma continuada crimes de burla qualificada agravada. A policia suspeita que estas 4 pessoas se preparavam para iniciar esta prática ilícita no concelho de Évora, com a instalação de uma “Clínica Espiritual” alegadamente especializada na resolução de problemas a pessoas em dificuldades. Um esquema anteriormente montado nos Açores, onde vitimas chegaram a entregar mais de 100 mil euros pretensamente para atos de benzedura e purificação, fazendo-lhes crer que lhes seriam posteriormente restituídos.
Na posse desses valores e frustrando as expetativas das vítimas abandonaram apressadamente o local e os Açores, lesando-as com gravidade nas suas esferas patrimoniais e deixando-as em situação económica difícil.
No âmbito de buscas e revistas efetuadas, nos concelhos de Évora e Ponta Delgada, foi possível detetar a apreender, entre outros elementos probatórios, diversos objetos utilizados naquelas práticas supersticiosas, bem assim recuperar cerca de noventa mil euros em dinheiro e elevada quantidade de artigos em ouro e prata, produto da sua atividade ilícita, comunicou a Polícia Judiciária.
Os detidos, cidadãos estrangeiros com idades compreendidas entre os 18 e os 52 anos, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas coativas tidas por adequadas.
A opereção foi realizada em estrita colaboração entre o Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada e a Unidade Local de Investigação Criminal de Évora.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com