Évora: Sindicato acusa empresa canadiana de “esvaziar” academia aeronáutica

Évora: Sindicato acusa empresa canadiana de “esvaziar” academia aeronáutica

Sexta-feira, 13 Janeiro 2012
Alentejo

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos criticou hoje a “falta de investimento” na Academia Aeronáutica de Évora, acusando a empresa de a “esvaziar”.
As criticas foram feitas por Jorge Lopes, do SITAVA, que representa a maioria dos trabalhadores da academia aeronáutica que vai ser despedida.
“A situação é perfeitamente perversa”, alegando que “a empresa nunca informou do que se estava a passar, mas desviou a maior parte dos alunos da academia para os Estados Unidos. Estão a esvaziar a escola”, afirmou.
O dirigente sindical falava a propósito do lay-off na Academia Aeronáutica de Évora, da Canadian Aviation Electronics (CAE) e instalada no aeródromo municipal da cidade, que ministra, entre outros, cursos de pilotos de linha aérea.
Dois terços dos trabalhadores da academia, 33 de 48, vão ser despedidos, até finais de abril, pela empresa canadiana, que comunicou esta terça-feira a sua intenção, mediante cartas que os funcionários receberam em mão.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com