Évora: Um quinto da população do concelho vive em situação de emergência social

Évora: Um quinto da população do concelho vive em situação de emergência social

Quarta-feira, 09 Maio 2012
Alentejo

Cerca de um quinto da população do concelho de Évora vive em situação de emergência social.
As cerca de 10 mil pessoas podem agora beneficiar de uma rede solidária, que envolve o município, a administração central e os setores social e empresarial.
O “SolidÉvora” foi criado pelo município e mais de uma centena de parceiros locais, visando combater a pobreza e a exclusão social.
“Cada uma das instituições tem a sua área de intervenção”, mas, com a rede social, “damos a conhecer” umas às outras os recursos que cada uma dispõe para “quando um utente não encontrar o que precisa possa ser encaminhado para outra e ter esse apoio”, precisou a vereadora Cláudia Sousa Pereira.
A responsável deu o exemplo de uma pessoa que precisa de uma cama articulada e que recorre à Caritas Diocesana de Évora, mas, se a instituição não tiver esse equipamento, pode consultar uma base de dados e encaminhar o utente para outra entidade que tenha o equipamento.
“Isto é fazer funcionar a rede social, que, muitas vezes, tem acontecido mas sem conhecimento”, o que, por vezes, “cria uma acumulação de equipamentos que não são utilizados” e faz com que “algumas instituição fiquem demasiado sobrecarregadas quando outras têm coisas para dar”, disse.
O “SolidÉvora”, que abrange todas as faixas etárias, vai dar resposta na área alimentar, vestuário e calçado e no acesso à saúde e à educação.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com