Évora: União de sindicatos estima 18 mil a 20 mil desempregados

Évora: União de sindicatos estima 18 mil a 20 mil desempregados

Quarta-feira, 27 Abril 2016
Alentejo

O desemprego afeta entre 18 mil a 20 mil pessoas no distrito de Évora.

A estimativa é do coordenador da União de Sindicatos do Distrito de Évora (USDE), Valter Lóios.

O número do desemprego real, segundo o sindicalista, é quase o dobro dos cerca de 10.700 desempregados que constavam, em fevereiro, nas listas do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Valter Lóios considerou que, mesmo assim, este “é um número que fica, se calhar, aquém da realidade”, salientando que “são milhares e milhares os que todos os meses são eliminados das listas [do IEFP] e perdem os seus postos de trabalho”.

O coordenador da USDE falava numa conferência de imprensa, em Évora, que serviu para a apresentação de um estudo social sobre o distrito.

“É um estudo que coloca um desafio aos governantes no sentido de inverterem a política que tem sido seguida no Alentejo e que demonstra a região e o distrito de Évora têm futuro”, afirmou.

A união de sindicatos vai assinalar o Dia do Trabalhador, no próximo domingo, com manifestações, torneios de malha, aulas de zumba, exposições, e atuações musicais, estando previstas iniciativas em Évora, Vendas Novas e Montemor-o-Novo.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com