Évora: Universidade aprova aumento de 37 euros das propinas

Évora: Universidade aprova aumento de 37 euros das propinas

Quinta-feira, 19 Abril 2012
Alentejo
A Universidade de Évora aprovou um aumento de 37 euros das propinas para o próximo ano letivo. O valor máximo da propina passa para os 1.037 euros.
A decisão foi aprovada, por maioria, na reunião do Conselho Geral da Universidade de Évora, realizada ontem à tarde.
O reitor Carlos Braumann disse que se trata da “atualização que se faz todos os anos, de acordo com o Índice de Preços no Consumidor, como está previsto na lei”.
“São cerca de 37 euros” de subida em relação à propina deste ano letivo, o que “dá uma média de três euros por mês por estudante”, adiantou, indicando que a propina máxima atual ronda os 999 euros e vai passar para os 1.037 euros.
Segundo Carlos Braumann, “o estudante que poderia pagar os 999 euros também poderá pagar mais três euros por mês”, suportando “os 1.037 euros”, mas “o grande problema” são os estudantes que não conseguem pagar “nem uma coisa nem outra” por dificuldades económicas.
Para esses alunos, revelou, a Universidade de Évora vai “constituir um fundo de apoio” para tentar que não desistam do ensino superior por razões económicas.
“Em vez de alocarmos esta verba adicional a outros fins e, naturalmente, que também precisaríamos dela porque os orçamentos das universidades foram reduzidos, vamos dedicá-la a resolver este problema específico”, garantiu o reitor.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com