Évora vai ter aumento “violento” do preço da água

Évora vai ter aumento “violento” do preço da água

Quinta-feira, 29 Agosto 2019
Alentejo

O preço da água, em Évora, vai subir 11,2% no próximo ano. O valor foi aprovado na mais recente reunião de Câmara e é contestado pelo PSD.

“Vai ser violento. Toda agente vai pagar. Vai ser duro” diz António Costa da Silva em declarações à DianaFm.

O vereador social democrata está contra a media, porque nem sequer existe uma lógica social na medida.

” A regra é que quem mais consome mais paga, mas este aumento é distribuído por toda a gente. Não tem sequer uma lógica social. A argumento da Câmara tem a ver com a própria ERSAR (Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos) que tem vindo a exigir um aumento do preço da água para que haja uma cobertura de custos. Segundo o executivo o aumento terá de ser maior, ainda assim conseguiram que fosse 11,2. Mas 11,2 é uma valor brutal. Os eborenses ainda não se aperceberam, mas vão ter aumentos sucessivos” diz o vereador social democrata.

Para António Costa da Silva há alternativas. Alternativas como o combate ao desperdício, que não se vê em Évora.

“Uma das alternativas é que a Câmara concretize investimentos no sentido da minimização de custos, nomeadamente no desperdício da água. Como é sabido por todos temos condutas que rebentam e estão dias e dias sem ser reparadas. Tivemos circunstâncias em que estiveram meses sem ser reparadas. Por isso o desperdício de água é brutal”, conclui o vereador.

No comunicado enviado à DianaFm, os sociais democratas escrevem que “a Câmara de Évora não pode pedir aos Eborenses que abram mais a carteira, sem ter feito qualquer esforço para fechar a torneira do desperdício”.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com