FMI: Dirigente e autarca do PSD pede demissão de Carlos Moedas

FMI: Dirigente e autarca do PSD pede demissão de Carlos Moedas

Quinta-feira, 10 Janeiro 2013
Nacional

O dirigente do PSD e presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, pediu a demissão do secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, Carlos Moedas.

Em causa estão as declarações do governante em que elogiou o relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre a redução da despesa pública.

Carlos Carreira pediu a demissão de Moedas na sua página pessoal da rede social Facebook.

“Um membro de um qualquer Governo que tem a inteligência de produzir uma afirmação desta natureza, perante um relatório com este teor, só pode ter uma atitude – abandonar as funções governativas, deixar a política e assumir que aspira a ser consultor técnico”, pode ler-se na página do dirigente do PSD.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com