GNR detém homem e mulher por incêndio florestal em Grândola

GNR detém homem e mulher por incêndio florestal em Grândola

Quarta-feira, 11 Setembro 2019
Alentejo

A GNR deteve ontem um homem de 41 anos e uma mulher de 23 anos, por suspeitas da autoria do crime de incêndio florestal, em Grândola.

Segundo um comunicado da GNR, os detidos estariam a utilizar um veículo agrícola equipado com um roça-mato, o qual terá provocado o incêndio.

Do incêndio, refere a GNR, resultou a destruição de cerca de 40 hectares de sobreiros, azinheiras, eucaliptos e mato, e chegou a colocar em risco uma habitação.

Após o alerta para o incêndio florestal, a GNR deslocou-se ao local e dirigiu-se para o possível ponto inicial de foco de incêndio, onde os militares procederam à detenção dos suspeitos.

O homem e a mulher foram detidos e constituídos arguidos e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Grândola.

O incêndio deflagrou por volta das 11:00 de quarta-feira e só foi dominado cerca de quatro horas depois, chegando a mobilizar quase 200 operacionais, apoiados por 62 veículos e sete meios aéreos.

Foto: GNR

Comments are closed.