Guiné-Bissau: Ramos-Horta aceita mediar crise no país

Guiné-Bissau: Ramos-Horta aceita mediar crise no país

Segunda-feira, 16 Abril 2012
Internacional
O Comando Militar na Guiné-Bissau pediu ao Presidente de Timor-Leste para mediar a crise no país, disse em Díli aos jornalistas José Ramos-Horta, que disse ter aceitado o convite.
O Chefe de Estado timorense ofereceu-se no sábado para mediar a crise na Guiné-Bissau, no quadro da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.
A crise naquele país começou na quinta-feira com um golpe militar que depôs o Presidente interino, Raimundo Pereira, e o primeiro-ministro, Carlos Gomes Júnior, ambos em parte incerta desde então.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com