Hospital de Évora retoma gradualmente atividade assistencial “não covid”

Hospital de Évora retoma gradualmente atividade assistencial “não covid”

Terça-feira, 05 Maio 2020
Alentejo

O Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) vai retomar, gradualmente, a atividade assistencial habitual, como consultas, cirurgias e exames, mantendo a prontidão para o atendimento e tratamento de “doentes covid”.

A unidade hospitalar lembra que a atividade habitual não urgente foi recalendarizada, no âmbito do plano de combate à covid-19, para garantir a segurança de utentes e profissionais.

“Todos os utentes que se dirijam ao hospital devem cumprir as orientações da Direção-Geral de Saúde para garantir a segurança de todos”, assinala o HESE, indicando que devem “usar máscara, cumprir a distância de dois metros em relação a outras pessoas, higienizar as mãos, etiqueta respiratória e respeitar os limites de lotação nas salas de espera”.

Segundo o HESE, os utentes cujas consultas foram adiadas “serão todos contactados e informados sobre a data, hora e procedimentos de segurança que deverão cumprir no dia da consulta”.

“É muito importante que o utente cumpra o horário estabelecido e que compareça apenas 15 minutos antes da hora marcada”, sublinha a unidade hospitalar, indicando que o utente deverá passar por um posto de triagem para “medir a temperatura e responder a algumas questões de caráter epidemiológico”.

O hospital de Évora mantém o procedimento de realização de testes de PCR para SARS-CoV-2 a todos os doentes antes de qualquer procedimento cirúrgico ou de técnicas de intervenção que o justifiquem, assim como do internamento.

A retoma da atividade dos meios complementares de diagnóstico e terapêutica estará alinhada com a retoma das principais atividades requisitantes, estando a ser criadas novas salas de espera que garantam o distanciamento social entre os utentes.

Em relação ao internamento, foram feitas adaptações “para garantir simultaneamente a prontidão para tratamento dos doentes covid e a recuperação gradual da atividade assistencial habitual”.

Nesta fase, refere o HESE, continuam suspensas as visitas e os acompanhantes nos internamentos e nas consultas externas.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com