Investigadores da UÉ querem conhecer alterações dos hábitos alimentares

Investigadores da UÉ querem conhecer alterações dos hábitos alimentares

Segunda-feira, 20 Abril 2020
Alentejo

Uma equipa de investigadores da Universidade de Évora (UÉ) pretende conhecer e compreender os efeitos da pandemia da covid-19 no comportamento dos nossos hábitos alimentares.

Segundo a UÉ, o estudo pretende avaliar os atuais comportamentos de consumo e aquisição de alimentos, assim como as motivações associadas aos mesmos, condicionados pela mobilidade e expetativas relativamente à pandemia da covid-19, em diferentes contextos socioeconómicos e culturais.

A equipa é constituída por Maria Raquel Lucas do Centro de Estudos e Formação Avançada em Gestão e Economia da UÉ, Elsa Lamy e Fernando Capela e Silva do MED – Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento, e Sofia Tavares do Centro de Investigação em Educação e Psicologia da UÉ.

A alimentação “é um elemento chave na vida das pessoas, transversal a áreas como a saúde e a economia e gestão”, referem os investigadores.

Para tal, “o conhecimento da forma como esta é afetada, num cenário de pandemia, permitirá delinear estratégias nutricionais, que permitam minimizar problemas, assim como potenciar alterações positivas, que possam beneficiar as economias nacionais, regionais e locais”.

Este conhecimento permitirá aos países estarem mais preparados para enfrentar os tempos que se seguem ao confinamento

Para além da equipa de investigadores da UÉ, o estudo conta com a colaboração de outros especialistas que levam a cabo esta investigação transnacional em mais de vinte países, em todos os continentes, registada e divulgada na plataforma de ações de investigação a decorrer com a temática covid-19 que a FCT lançou (www.science4covid19.pt/).

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com