Mais de 1000 pessoas dançaram ao ritmo de “Puta da Silva”e Pedro Mafama no Artes à Rua

Mais de 1000 pessoas dançaram ao ritmo de “Puta da Silva”e Pedro Mafama no Artes à Rua

Quinta-feira, 07 Setembro 2023
Alentejo

Mais de 1000 pessoas dançaram ao ritmo dos artistas “Puta da Silva” e Pedro Mafama no segundo dia do Festival Artes à Rua.

A artista “Puta da Silva”, multiartista afrotravesti imigrante, foi a primeira a subir ao palco subiu. Com ela levou elementos de umbanda, candomblé, música da cultura popular brasileira, poemas e músicas autorais, de modo a apresentar o seu projeto “Pontos de Rua”.

Posteriormente, foi Pedro Mafama a contagiar o público com temas como por exemplo, “Preço Certo”, “Estrada” ou “Marcha Bonita”.

O artista português mistura referências da eletrónica e urbana com a música tradicional portuguesa bem vincada, que servem de cama musical a textos e cantares atuais, vividos e percetíveis, de histórias da atualidade de qualquer rua portuguesa.

O dia de ontem integrou ainda na programação uma Oficina de Arte Rupestre, uma conversa sobre Os Direitos LGBTQIA+ e o acesso às Artes, e Manifesto Funesto: uma ópera eletrónica.

Fotografias: Diana FM

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com