Ministério Público acusa agente da PSP de Beja do crime de tortura

Ministério Público acusa agente da PSP de Beja do crime de tortura

Terça-feira, 01 Fevereiro 2022
Alentejo

O Ministério Público de Évora deduziu acusação contra um agente da PSP de Beja da prática do crime de tortura e outros tratamentos cruéis, degradantes ou desumanos.

Segundo um comunicado publicado no site do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Évora, o caso ocorreu na madrugada do dia 12 de novembro de 2019, na cidade de Beja.

A vítima foi um cidadão ucraniano, trabalhador agrícola, adiantou.

“Tal crime decorre de factos praticados pelo arguido, no âmbito do exercício das funções policiais que aquele desempenhava”, é referido ainda no comunicado.

Os autos foram parcialmente arquivados relativamente a outros factos denunciados, envolvendo diversos intervenientes.

A investigação foi assumida e realizada integralmente no DIAP Regional de Évora.

Decorre ainda o prazo para eventual abertura de instrução, que, a não ser requerida, determinará a remessa do processo para julgamento.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com