Monsaraz: Bienal cultural comemora 30 anos

Monsaraz: Bienal cultural comemora 30 anos

Sexta-feira, 15 Julho 2016
Alentejo

Exposições, espetáculos de música, palestras, apresentação de vinhos e um roteiro gastronómico são os “ingredientes” da edição deste ano da bienal Monsaraz Museu Aberto.

A celebrar 30 anos, o certame abre hoje as portas naquela vila medieval do concelho de Reguengos de Monsaraz, estando prevista a presença do ministro da Cultura, Luís Castro Mendes.

A cerimónia que assinala o arranque do Monsaraz Museu Aberto inclui uma atuação do Grupo Coral da Freguesia de Monsaraz e um recital de acordeão com Gonçalo Pescada, da Escola de Artes da Universidade de Évora.

O titular da pasta da cultura inaugura, depois, o Centro Interativo da História Judaica, que resultou da requalificação da Casa da Inquisição, em Monsaraz, estando prevista uma atuação do músico e compositor Rão Kyao.

O primeiro dia do certame inclui ainda a apresentação, a partir das 22:30, na Praça de Armas do Castelo, do espetáculo Toros e Flamenco, com o cantador Rafael de Utrera e no toureio a pé os matadores Paco Ureña, Agustín de Espartinas e Paco Velásquez.

Promovida pelo município de Reguengos de Monsaraz, a bienal cultural Monsaraz Museu Aberto foi organizada pela primeira vez em 1986, tendo começado a realizar-se com periodicidade bienal em 1998.

Deixe um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com