Novo Hospital Central do Alentejo entrará em funcionamento em 2023

Novo Hospital Central do Alentejo entrará em funcionamento em 2023

Segunda-feira, 09 Novembro 2020
Alentejo

O novo Hospital Central do Alentejo, a construir em Évora, cuja adjudicação foi hoje assinada, vai envolver um investimento superior a 200 milhões de euros e estará a funcionar no final de 2023.

O presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, José Robalo, disse aos jornalistas que a construção do edifício vai custar 183 milhões de euros (incluindo 40 milhões de fundos europeus) e a aquisição de equipamentos envolverá mais 29 milhões de euros.

Numa cerimónia em que não esteve nenhum representante do grupo espanhol Acciona, que venceu o concurso público internacional para construir o hospital, José Robalo indicou que as obras estarão concluídas até ao final de 2023.

O responsável não disse quando poderão começar os trabalhos e limitou-se a dizer que o contrato vai agora ser enviado para apreciação do Tribunal de Contas.

Tudo indica que as obras de construção do novo Hospital Central do Alentejo possam arrancar no primeiro semestre de 2021, tendo em conta que a empreitada tem um prazo de execução de 30 meses.

O novo Hospital Central do Alentejo vai servir o distrito de Évora, mas também toda a região, num total de cerca de 500 mil pessoas.

A futura unidade hospitalar terá uma lotação de mais de 350 camas em quartos individuais, a qual poderá ser aumentada, em caso de necessidade, até 487 camas.

Um total de 11 blocos operatórios, três dos quais para atividade convencional, seis para atividade de ambulatório e dois para atividade de urgência, cinco postos de pré-operatório e 43 postos de recobro são outras valências da futura infraestrutura.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com