Novo hospital será “motor de desenvolvimento e de coesão social”

Novo hospital será “motor de desenvolvimento e de coesão social”

Quarta-feira, 14 Agosto 2019
Alentejo

O presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, José Robalo, diz que o novo hospital da região, a construir em Évora, será “um motor de desenvolvimento e de coesão social”.

José Robalo sublinhou que o lançamento do concurso público para a empreitada é “mais uma etapa decisiva” para que “o novo Hospital Central do Alentejo se torne uma realidade em dezembro de 2023”.

“Esta é uma ambição de todos os profissionais do [atual] hospital de Évora e de toda a população do Alentejo, sendo complementar às restantes unidades de saúde da região”, vincou, destacando “o apoio crucial do Ministério da Saúde”.

A ARS do Alentejo indicou que o projeto do novo hospital representa um investimento “superior a 180 milhões de euros”, ou seja, 150 milhões de euros, incluindo 40 milhões de fundos comunitários, mais os 23% do imposto sobre o valor acrescentado (IVA).

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com