Passos Coelho recusa proposta do PS para renegociar memorando

Passos Coelho recusa proposta do PS para renegociar memorando

Sexta-feira, 06 Janeiro 2012
Nacional
O primeiro-ministro recusou hoje a proposta do PS para renegociação do programa de assistência financeira.
Pedro Passos Coelho alegou que tal medida transmitiria uma “imagem de desatino” do país perante o exterior.
Este foi um dos pontos mais polémicos entre o secretário-geral do PS, António José Seguro, e o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, durante o debate quinzenal na Assembleia da República.
António José Seguro considerou que, tanto o PS, como o Governo, defendem “uma boa consolidação das contas públicas”, mas o executivo acredita “que só se vai lá pelo lado da austeridade”, o que “tem conduzido a um crescente isolamento do Governo perante as forças sociais e políticas, incluindo o senhor Presidente da República”.
Perante esta posição de Seguro, o primeiro-ministro respondeu logo: “O Governo está concentrado em cumprir as suas metas orçamentais e não vai pedir mais tempo para atingir essas metas, vai cumprir aquilo que um Governo socialista negociou”, salientou.

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com