PCP chama presidente da ARS Alentejo ao parlamento

PCP chama presidente da ARS Alentejo ao parlamento

Segunda-feira, 12 Julho 2021
Alentejo

O PCP quer explicações do presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo no parlamento sobre “o atraso da obra” do novo Hospital Central do Alentejo.

Em comunicado, a Direção da Organização de Évora (DOREV) do PCP diz que “o processo do Hospital Central Público do Alentejo continua envolto num manto de contradições”.

“Nada está feito e assiste-se a um ‘chorrilho’ de promessas, as quais não passam disso mesmo”, afirmam os comunistas.

Segundo o PCP, as “decisões assumidas pela ministra da Saúde não são cumpridas, nem assumidas pelo representante do ministério na região”.

A DOREV do PCP dá como exemplo a comissão de acompanhamento da obra, que diz “que não foi constituída” e para a qual a Câmara de Évora se disponibilizou.

“Inventam sempre mais uma ou outra questão para esconder a falta de vontade política em fazer esta obra, que tanta falta faz à região”, sublinha o partido.

Os comunistas lembram ainda a construção do novo hospital foi adjudicada a 10 de novembro de 2020.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com