PCP volta a exigir adjudicação do novo atraso do hospital

PCP volta a exigir adjudicação do novo atraso do hospital

Sábado, 18 Julho 2020
Alentejo

O PCP assinalou esta sexta-feira o “primeiro mês de mais um atraso” do novo Hospital Central do Alentejo, a construir em Évora.

Os comunistas realizaram uma conferência de imprensa, no Jardim do Paraíso, em Évora, junto à sede da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo.

No local, foi colocada uma faixa com a mensagem “Construção do novo hospital. Mais atrasos não. PCP exige do Governo a sua adjudicação”.

Patrícia Machado, da Direção da Organização Regional de Évora (DOREV) do PCP, disse à DianaFM que o partido lançou uma “nova linha de exigências junto do Governo” sobre o novo hospital do Alentejo.

A dirigente do PCP sublinhou que os comunistas começaram a apontar a necessidade e a exigir a construção do novo hospital “já lá vão 20 anos”, lembrando que o projeto tem sofrido “sistematicamente atrasos”.

Deste vez, sublinhou, “houve anúncios de que, no final do primeiro semestre deste ano, estaria adjudicada e a avançar a obra e os estudos prévios foram apresentados pela Câmara de Évora”.

 

“Portanto, não entendemos o porquê de o Governo não adjudicar” a obra, acrescentou.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com