Portalegre: Tribunal absolve obstetra de negligência médica

Portalegre: Tribunal absolve obstetra de negligência médica

Quarta-feira, 21 Março 2012
Alentejo
Um obstetra espanhol foi absolvido ontem pelo Tribunal de Portalegre de dois crimes de negligência médica de que era acusado na sequência do falecimento de uma bebé.
O médico estava acusado pelo Ministério Público de dois crimes, um de homicídio por negligência e outro de ofensas à integridade física simples.
O caso remonta ao dia 09 de setembro de 2008, quando a grávida, Maria Silva, deu entrada no Hospital de Portalegre.
Na altura, o pai da criança, Joaquim Pinheiro, disse que, “após 10 horas de trabalho de parto, em que se aguardava por uma dilatação, a bebé terá feito várias paragens cardíacas e asfixiado”.
De acordo com o relato do pai, o médico terá “adiado” a decisão de realizar uma cesariana à grávida, tendo a bebé “asfixiado”.
A acusação vai recorrer da sentença.

Deixe um comentário

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com