Portel: GNR identifica alegado caso de exploração laboral

Portel: GNR identifica alegado caso de exploração laboral

Quarta-feira, 08 Novembro 2017
Alentejo

A GNR resgatou um homem de 64 anos que era alegadamente vítima de exploração laboral numa herdade do concelho de Portel.

O caso foi identificado, na terça-feira, na sequência de um acidente de viação que envolveu o atropelamento de uma ovelha.

Durante a identificação dos intervenientes do acidente, a GNR constatou que o pastor não era detentor de documento de identificação, o qual estava alegadamente retido pelo patrão.

Os militares apuraram que o homem era vítima de exploração laboral e vivia numa casa cedida pela entidade patronal sem possuir as mínimas condições de habitabilidade.

A vítima, segundo a GNR, informou que não auferia qualquer vencimento, sendo-lhe disponibilizada, esporadicamente, alimentação enlatada e vinho.

A vítima foi encaminhada para uma instituição de acolhimento, onde está a receber tratamento.

O proprietário da exploração agrícola foi identificado e o assunto remetido para o Ministério Público.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com