Praça de touros de Azaruja “ganha” nova vida como centro cultural

Praça de touros de Azaruja “ganha” nova vida como centro cultural

Quarta-feira, 23 Junho 2021
Alentejo

Construída há mais de 150 anos, a praça de touro de Azaruja, no concelho de Évora, já foi uma fábrica de cortiça e serviu de “palco” para as festas da aldeia e agora vai ser um centro cultural.

O projeto está a ser desenvolvido pela associação cultural Zaratan – Arte Contemporânea, de Lisboa, que assinou um contrato de comodato com os atuais proprietários.

“Quando toda a parte burocrática estiver finalizada, podemos começar as obras no dia seguinte, porque já temos 100 mil euros para a primeira fase”, diz José Chaves, presidente da associação cultural Zaratan.

O investimento total previsto é de 350 mil euros.

Esta primeira fase do projeto consiste na recuperação do imóvel e a associação já tem 100 mil euros para suportar estas obras.

As próximas fases estão dependentes de “como correr” o ‘crowdfunding’, ou seja, a campanha de angariação de fundos em curso na Internet.

A praça de touros da aldeia de Azaruja é apontada como sendo a primeira a ser construída em Portugal.

Não é usada para eventos tauromáquicos há várias décadas e encontra-se atualmente em ruínas.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com