“Problemas muito sérios” no hospital de Évora preocupam PSD

“Problemas muito sérios” no hospital de Évora preocupam PSD

Quarta-feira, 14 Outubro 2020
Alentejo

A Concelhia de Évora do PSD manifesta preocupação com “problemas muito sérios” no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), os quais, afirma, “prejudicam verdadeira e decisivamente a vida das pessoas”.

Em comunicado enviado à DianaFM, os sociais-democratas referem-se ao “encerramento do Serviço de Urgência Pediátrica dedicado”, devido à alteração do modelo de atendimento, e ao manifesto dos pediatras do HESE.

“O Serviço de Pediatria, considerado anteriormente de excelência no nosso país, construído com muito esforço e mérito dos profissionais de saúde do HESE, corre o risco muito sério de total desmantelamento, resultando num prejuízo de dimensões incalculáveis na prestação de cuidados de saúde das crianças da nossa região. Não podemos admitir esta situação”, pode ler-se no comunicado.

Segundo o PSD de Évora, que diz recebido “outros relatos preocupantes”, no Serviço de Oncologia do HESE “também não foram renovados contratos com médicos internos”, estando a funcionar em “serviços mínimos”, e que “já não se realizam exames de colonoscopia devido às inadequadas condições físicas do Serviço de Gastroenterologia”.

“O Serviço de Urgência apresenta-se, muitas das vezes, sem ortopedista ou otorrino, sendo grande parte das vezes os utentes remetidos para os hospitais de Lisboa”, alerta, salientando que os médicos da urgência “fazem com regularidade turnos de 36 horas consecutivas”, por ausência de mais profissionais.

No comunicado, os sociais-democratas manifestam solidariedade aos profissionais do hospital de Évora e exigem respostas do conselho de administra da unidade hospitalar e da Administração Regional de Saúde do Alentejo.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com