PS critica Câmara de Évora por gastos no Facebook

PS critica Câmara de Évora por gastos no Facebook

Quinta-feira, 29 Novembro 2018
Alentejo

A oposição PS critica a gestão CDU da Câmara de Évora pelos gastos do município na promoção do festival Artes à Rua no Facebook.

Segundo a vereadora socialista Elsa Teigão, a divulgação do evento nesta rede social custou cerca de quatro mil e duzentos euros.

“Acho um abuso e é desastrosa a forma como a câmara faz a gestão do seu dinheiro”, afirma à DianaFM Elsa Teigão.

A vereadora socialista entende que os programas culturais necessitam divulgação “para que as pessoas tenham conhecimento” e elogia o programa Artes à Rua “pela forma como animou as ruas da cidade durante o verão e pela diversidade” de espetáculos.

Contudo, questiona “como é possível gastar 4 mil e tal euros, cerca de 5 mil euros, no Facebook para divulgar uma iniciativa cultural?”.

Elsa Teigão frisa que a gestão CDU do município “diz que as verbas têm que ser geridas de forma criteriosa” e “quando há uma necessidade de aplicação de verbas em qualquer circunstância invoca-se o PAEL para não se gastar dinheiro”.

Contactado pela DianaFM, o presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá, explica que o orçamento do festival tinha “uma componente para divulgação” e foi aí que “se inseriu essa intervenção” na rede social Facebook.

“Foi, aliás, financiado, o que significa que, desse valor, 85% foi financiado por programas do Alentejo 2020 e apenas 15% foi suportado pelo município, o que mostra bem que estamos a falar de um valor muito baixo para uma iniciativa de tão grande dimensão e de tanto êxito”, disse.

Pinto de Sá considera “completamente injustificadas” as críticas dos socialistas e frisa que, durante a gestão PS do município, “não faltaram despesas absolutamente inimagináveis”.

“Nalguns casos, foram de muitos milhões, que ainda hoje estamos a suportar e iremos suportar por muitos anos”, acrescentou

A segunda edição do Artes à Rua – Festival de Arte Pública decorreu, entre 12 de julho e 06 de setembro, em Évora.

Segundo o município, o evento contou com mais de 150 espetáculos, envolvendo mais de mil artistas e técnicos, e registou uma afluência de público na ordem dos 50 mil espetadores.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com