PSD preocupado com capacidade de resposta do hospital de Évora

PSD preocupado com capacidade de resposta do hospital de Évora

Terça-feira, 28 Junho 2022
Alentejo

A deputada do PSD Sónia Ramos e o vereador da Câmara de Évora eleito pelo mesmo partido Henrique Sim-Sim reuniram-se com o conselho de administração do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE).

Segundo a parlamentar, a reunião foi pedido “face ao encerramento, um pouco por todo o país, das urgências gerais e pediátricas, considerando a escassez de médicos especialistas”.

“Os eleitos do PSD quiseram informar-se sobre a situação atual no Hospital Central do Alentejo”, adiantou.

Sónia Ramos diz que foi garantido pelo conselho de administração do HESE que as escalas para ambas as urgências, durante o verão, “encontram-se asseguradas, considerando a contratação de tarefeiros”.

De acordo com a deputada, a contratação de tarefeiros no HESE representa “entre 40% a 50% dos médicos escalados, dependendo das especialidades”.

“Tal grau de dependência é um fator de preocupação e de risco no planeamento do serviço público, que não garante estabilidade na gestão dos recursos humanos”, argumenta.

Nesse sentido, conclui, “o recrutamento de médicos e enfermeiros permanece a principal dificuldade do hospital”.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com