Relação de Évora coloca em prisão preventiva traficante de armas belga

Relação de Évora coloca em prisão preventiva traficante de armas belga

Sexta-feira, 16 Agosto 2019
Alentejo

Ficou em prisão preventiva o cidadão belga Jacques Monsieur, um dos mais maiores traficantes de armas do mundo, que foi detido na passada quarta-feira perto de Évora.

O Tribunal da Relação de Évora determinou esta tarde que o homem vai ficar em prisão preventiva até ser extraditado para a Bélgica.

Jacques Monsieur tinha sido condenado, em outubro passado, a quatro anos de prisão e multa de 1,2 milhão de euros, por tráfico de armamento para a Líbia, Chade, Paquistão e Irão.

Após o julgamento, fugiu e viveu escondido em Évora e foi aqui que foi preso, na passada quarta-feira, por uma equipa especial da Fugitive Active Search Team (FAST) da Polícia Federal belga a pedido de um tribunal daquele país.

Fruto da colaboração entre as autoridades belgas, francesas e portuguesas, Jacques Monsieur veio a ser encontrado num discreto abrigo, junto aos estábulos da Herdade do Zambujal, perto de Évora.

As autoridades apanharam-lhe o rasto devido ao transporte de cavalos do sul de França para Portugal no mês passado.

Comments are closed.