Remodelação das piscinas de Évora vai permitir reduzir consumo de água

Remodelação das piscinas de Évora vai permitir reduzir consumo de água

Quarta-feira, 11 Dezembro 2019
Alentejo

A água utilizada nos tanques de natação das Piscinas Municipais de Évora vai passar a ser reaproveitada, fruto das obras de requalificação que estão em curso.

Segundo o município, a água, em permanente circulação, é conduzida por gravidade para um tanque de compensação com capacidade superior a 500 metros cúbicos e, posteriormente, será encaminhada para o sistema de filtragem para poder ser reutilizada nos tanques de natação.

O sistema agora em construção vai dar às piscinas de Évora as melhores e mais modernas condições de higiene e salubridade, mas, sobretudo, vai permitir uma poupança de 40 mil metros cúbicos de água durante os meses de funcionamento no verão.

De acordo com a autarquia, a remodelação da piscina coberta, concluída recentemente, tem registado uma redução efetiva de 15 mil euros por ano de despesa no consumo energético e cerca de 1.500 metros cúbicos por mês de redução no consumo de água.

As obras de requalificação executadas nos chapinheiros permitiram também uma redução no consumo de água, neste caso, de cerca de cinco mil metros cúbicos por época balnear.

Em paralelo, estão a decorrer obras de requalificação na área da mata, onde se destaca a completa remodelação da Casa da Mata, que, para além do espaço de bar, será dotado de modernas condições de funcionalidade, das instalações sanitárias preparadas para utilização por utentes com mobilidade reduzida e da sala de refeitório para os funcionários.

O complexo de Piscinas Municipais de Évora foi inaugurado em setembro de 1964 e a empreitada em curso representa um investimento global superior a 300 mil euros.

Comments are closed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com